sábado, 17 de janeiro de 2015

Desfralde - Parte II

Está por aí ainda? Então vamos lá!

Um ano após o desfralde diurno, pequeno já com 4 anos completados em maio, resolvemos aproveitar o verão para a etapa final: desfrade noturno.

Li em muitos lugares que o importante é ver se a fralda noturna está seca quando a criança acorda. Sinal de que ela é capaz de segurar o xixi por bastante tempo. E isto já vinha ocorrendo aqui em casa. Tipo uma vez por semana, é que ela estava molhada, de resto amanhecia limpinha.

Uma noite perguntei ao pequeno se ele não queria dormir só de cuequinha, que era mais conforável, mais fresquinho, que a mamãe viria de noite para irmos juntos ao banheiro... Aquela conversa que vocês já conhecem. Desafio aceito!  

Ah, antes que eu me esqueça! Em prol da limpeza e conservação do colchão, não deixe de forrar a cama com um plástico quando começar o desfralde noturno. Comprei aqueles plásticos para toalha de mesa a metro em uma ferragem. Barato e eficiente!

Comecei levantando pra levar o meu filho no banheiro de duas a três vezes por noite. Muitas vezes eu chegava lá e ele estava dormindo, todo mijado, nem tinha se dado conta do acidente! Então comecei a notar em que horário isto acontecia pra tentar chegar antes. 

Não se iluda, você vai trocar muito lençóis mesmo! Nos primeiros dias cheguei a trocar a roupa de cama duas vezes. Tenha um estoque de pijamas e lençóis à mão!

Após o primeiro mês - com muitos acidentes - notei que levando o Felipe ao banheiro à 1h30min e às 4h30min ele acordava sequinho. Coloquei o despertador pra funcionar e as coisas começaram a ficar mais regradas, apesar do meu cansaço no outro dia.

Um belo dia ele mesmo acordou de noite e me chamou pra levá-lo no banheiro. Mais um vitória!!! 

No segundo mês resolvi experimentar levar ao banheiro só à 1h30min. Deu certo! Ele não fez mais xixi depois e eu tive uma noite de sono com menos interrupções.

Como as vezes ele ia até o banheiro e não fazia xixi ou simplesmente reclamava para levantar alegando que "não estava com vontade" de fazer xixi, uma noite resolvi esperar que ele chamasse pra ver no que dava.

Surpresa: não me chamou e estava com a cama sequinha. Os dias, ou melhor, as noites se seguiram assim.... Ele aprendeu!!!! 

Agora só levo ele antes de ir dormir ao banheiro e se ele me chama durante a noite. Não tenho mais nem controlado a quantidade de ingestão de líquidos perto da hora de dormir.

Eu e ele conseguimos! E o pacote restante de fraldas que ficou durante todo este período intocado já foi doado. Ufa!!! É um alívio tremendo....  

    


2 comentários:

  1. Parabéns, Lu! Uma preocupação a menos, um etapa vencida!

    ResponderExcluir
  2. É verdade Patty!!! Um baita alívio!!! Beijos

    ResponderExcluir

Adoro receber um recadinho! Obrigada pelo carinho... e volte sempre, estarei esperando!

Schreib doch einen Kommentar für mich... Ich würde mich so sehr darüber freuen... Und komm doch bald wieder vorbei!!